Para que a sua visita ao Parque Nacional da Peneda-Gerês seja feita em harmonia com o espaço, aqui lhe deixamos as devidas recomendações ?


14650589_1379561955389966_7368427101353416609_n

1. Regras gerais de conduta


a) Respeitar o enquadramento legislativo do turismo e desporto de natureza em áreas protegidas;

b) Respeitar o enquadramento legislativo próprio de cada actividade, quando existir;

c) Respeitar os locais indicados para a prática de cada actividade;

d) Respeitar os acessos e trilhos definidos, bem como os locais de estacionamento;

e) Respeitar as condicionantes estabelecidas quanto aos locais, ao número de praticantes e à época do ano;

f) Respeitar a sinalização existente;

g) Zelar pela manutenção dos equipamentos, sinalização, acessos, estacionamento e outros locais ou infra-estruturas de apoio à prática das actividades, bem como garantir a preservação da qualidade ambiental de cada local e respectiva área envolvente;

h) Evitar fazer ruídos e barulho;

i) Não colher ou danificar plantas ou suas partes, como flores e frutos, nem colher ou danificar líquenes, cogumelos ou amostras minerais;

j) Não perturbar a fauna nem a tranquilidade dos locais; a fauna deve ser observada à distância e, de preferência, com binóculos ou outro equipamento óptico apropriado;

k) Não danificar elementos do património geológico;

l) Não danificar elementos do património cultural ou arquitectónico e outras construções e equipamentos existentes;

m) Não perturbar os animais domésticos da população residente;

n) Não fazer qualquer tipo de lume;

o) Não fazer piqueniques fora dos locais destinados a esse fim;

p) Não utilizar detergentes, sabões ou outros produtos de limpeza fora das instalações e locais próprios a esse fim;

q) Não abandonar ou depositar lixo fora dos recipientes destinados a esse fim;

r) Respeitar a propriedade pública e privada;

s) Respeitar e cumprir as indicações do pessoal ao serviço do PNPG, nomeadamente dos Vigilantes da Natureza, bem como de outro pessoal com competências em matéria de fiscalização e controlo no território do Parque;

t) Recolher, sempre que possível, animais selvagens feridos e entregá-los ao ICNF, I.P. ou ao Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente da Guarda Nacional Republicana (SEPNA). Em caso de dúvida ou na impossibilidade de recolha, a situação deve ser reportada aos referidos organismos;

u) Comunicar prontamente ao ICNF, I.P. ou ao SEPNA (linha SOS Ambiente e Território) os acidentes ou transgressões ambientais detectados.

13975240_642210879275934_6074075447596417665_o

2. Regras gerais de segurança


a) Planear e preparar a atividade atempadamente, reunindo toda a informação sobre o local onde pretendem realizá-la;

b) Nunca sair sozinho para a actividade e informar outras pessoas sobre o percurso e vias a realizar e respectivos horários;

c) Consultar a meteorologia e garantir que as condições são adequadas para a prática da actividade;

d) Certificar-se que tem vestuário, calçado, alimento e materiais adequados. Levar sempre um pequeno estojo de primeiros socorros e equipamento de comunicação para o caso de ser necessário pedir auxílio (apito, telemóvel, rádio);

14711337_1234157696622400_480520700008121976_o

3. Recomendações específicas para a prática de passeios pedestres


a) Confirmar a extensão e o grau de dificuldade do percurso pedestre a efectuar, bem como do tempo necessário à sua realização;

b) Levar informação e equipamentos adequados (mapa, GPS, bússola) para garantir uma boa orientação no terreno;

c) Estar sempre atento à sinalização existente;

d) Evitar barulhos e atitudes que perturbem a paz local e o bom relacionamento com os habitantes;

e) Ter especial atenção para com o gado e outros animais domésticos que, quando perturbados, se podem revelar agressivos;

f) Manter cancelas e portelas, caso surjam durante o percurso, abertas ou fechadas conforme as encontrou.


Comentários